Análise do Fórum Clóvis Beviláqua

download Análise do Fórum Clóvis Beviláqua

of 13

  • date post

    02-Nov-2014
  • Category

    Law

  • view

    169
  • download

    3

Embed Size (px)

description

Análise do Clóvis Beviláqua em Fortaleza através da Teoria Geral da Administração.

Transcript of Análise do Fórum Clóvis Beviláqua

  • 1. TEORIA GERAL DA ADMINISTRAO TRABALHO TERICO-PRTICO EMPRESA ANALISADA:FRUM CLVIS BEVILQUA

2. INTRODUO 1.1 Apresentao inicial da Empresa O Frum Clvis Bevilqua uma instituio pblica constituindo-se em uma das unidades integrantes do Poder Judicirio. a) Misso: Prover Justia em busca da harmonia social b) Objetivo: Ser reconhecido pela sociedade como modelo de instituio moderna, tica e que assegure o direito e a cidadania. 3. -Relacionar os princpios formulados pelas Teorias Administrativas, organizados atravs da Escola Clssica (representada por Frederick Taylor, Henry Fayol e Max weber), alm de outras teorias contemporneas como a Escola Comportamental, Teoria Estruturalista e Escola da Qualidade com o modelo de gesto adotado pela instituio em anlise INTRODUO 1.2 Objetivo do Trabalho 4. APRESENTAO DA EMPRESA 2.1 Histrico da Organizao A primeira sede do Frum Clvis Bevilqua foi inaugurada em 31 de dezembro de 1960, na administrao do desembargador Pricles Ribeiro, presidente do Tribunal de Justia, e no Governo de Jos Parsifal Barroso. Passados trinta e sete anos, o Frum Clvis Bevilqua ganhou nova sede, inaugurada no dia 12 de dezembro de 1997. 5. APRESENTAO DA EMPRESA -Estrutura; -Tamanho; -Ramo de atuao; -Dirigentes. - 2.2 Descrio da Organizao 6. APRESENTAO DA EMPRESA 2.3 Detalhamento dos nveis organizacionais -Nvel estratgico; -Nvel ttico; -Nvel operacional. 7. APRESENTAO DA EMPRESA 2.4 Identificao das funes organizacionais Em se tratando de uma instituio pblica, as funes organizacionais esto bem definidas na forma de como a administrao conduz os trabalhos, pois todas as aes so desenvolvidas levando em considerao o alcance de seus objetivos e que atenda aos anseios daqueles que buscam seus servios. 8. APRESENTAO DA EMPRESA 2.5 Objetivos da Organizao 1 - Assegurar a prestao jurisdicional clere e efetiva; 2 - Maximizar o acesso dos cidados Justia; 3 - Buscar excelncia na gesto de custos operacionais; 4 - Fortalecer e harmonizar as relaes entre os Poderes, setores e instituies; 5 - Melhorar a Produtividade; 9. APRESENTAO DA EMPRESA 2.6 Apresentao dos aspectos da diviso do trabalho na Organizao O Cdigo de Diviso e Organizao Judiciria do Estado do Cear (Lei n 12.342/1994) define, com clareza, todas as atribuies daqueles que compe o quadro funcional do Poder Judicirio, sejam Juzes e/ou servidores, detalhando, inclusive, seus direitos, deveres e obrigaes. 10. TERICO-EMPIRICO Teorias relacionadas: -Fayol; -Burocracia (Max Weber); 11. TERICO-EMPIRICO Teorias relacionadas: -Escola Comportamental; -Teoria Estruturalista; -Escola da Qualidade. 12. CONSIDERAES FINAIS Em sntese, no Frum Clvis Bevilqua, o que se busca o alcance de objetivos, previamente elaborados, utilizando-se, para tanto, de princpios administrativos que o torne um modelo de gesto a ser adotado pelas demais organizaes, sejam pblicas ou privadas.